segunda-feira, 3 de setembro de 2012


Neste momento estou a pensar: Manda a "Educação", que quando você quiser entrar nas dependências de outra pessoa ou na que esteja sob á responsabilidade dessa pessoa, sejam elas suas casas, aptos, ou até em seu local trabalho.
Você pare na entrada, cumprimente a pessoa com um cordial Bom dia, tarde ou noite e peça licença para entrar, com educação e simpatia abre - se portas.

Mas como eu disse manda a "Educação” e não "Eu".

Mas quem disse que todos nós somos regidos pela educação que recebemos. A culpa da falta da mesma não é dos pais ou educadores e sim, do tal "Livre Arbítrio".
Alguns com o poder de escolha nas mãos optam por serem grosseiros e mal educados, acho que desconhecem a lei do universo, aquela lei do retorno, da Atração.
Você atrai para você somente o que você emana.
Tudo que você dá será exatamente o que vai receber de volta. Vigiei então seus modos, pois se tudo esta dando errado é porque você esta enviando errado.
Aproveitem meu momento psicólogo gratuito e aprendam logo. Simples assim! Bjs

sábado, 1 de setembro de 2012


Bom dia !!
Sabadão de sol, estou no trabalho, tentando achar um jeito de aumentar os pro-pontos pra poder curtir os 50 anos de casado dos meus pais hoje a noite. Vamos comemorar num rodízio de pizza.
Calmaaaa!!!! Tem bufe de salada também, então tenho opções.
Digamos q eu coma apenas duas fatias e muita salada, chegando a minha casa ergométrica por uma hora. (rsrsrsr)
Acho q dá né?
Se não der amanhã recomeço tudo de novo, desistir nunca!
A vida é pra ser vivida e não lamentada, sem culpas, mas com responsabilidades e vitórias pra curtir.
Quinta-feira fui á dança e gente estava tudo de bom, sai de lá cansada e muito feliz.
Se eu perdi algumas gramas?
Não sei, mas confesso que entrei mais pelo prazer de dançar do que pelo objetivo de emagrecer e voltar a minha forma ideal.
E vou continuar, por que me faz um bem enorme.
Ainda estou tentando adequar os pro pontos ao meu dia a dia, a noite fica mais difícil, e eu nem havia percebido que ficava mais ansiosa a noite. Estou seguindo minha listinha e eliminando todas as coisas que me propus fazer uma a uma.
Ah! Quinta feira fui à faculdade fazer minha matricula no curso de RH, não vejo a hora de começar.
Começo em outubro, mais um sonho se realizando, eu espero que, compartilhando isso eu consiga influenciar outras pessoas.
Não está sendo fácil, mas viver é uma dádiva, e devemos nossa evolução ao criador.
Bjs a todos e até semana que vem.


 Tirei  essa imagem do site planeta educação. Linda.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012


Olá pessoas!
Hoje estou aqui para confessar que cai em tentação, dei uma fraquejada e sai da dieta, na verdade o bom dos vigilantes do peso é que você recomeça todos os dias, mas esta semana em especial eu baguncei tudo. Faltei às aulas de dança, deixei meu diário de lado, parei com os alongamentos e com a ergométrica, enfim.
Mas a boa notícia é que estou retomando tudo de novo.
O motivo pra essa resvalada? Bom, eu estava de aniversário, e cuidando da saúde. Mas já passou e hoje, quinta feira, estou retomando tudo de novo. Aula de dança a noite, uhuhuhu.
Começo a contagem de pontos de novo amanhã cedinho e sábado eu volto aqui pra escrever mais um pouco. Pois hoje vim só prestar esclarecimentos, afinal não sou política para ficar enrolando e mentindo para os eleitores. (rsrsrsrsrsr)
Até sábado então. Fique com uma imagem minha já em fase de transformação.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012


Oi pessoas q acompanham meu blog, estou atrasadinha com os post, mas cheia de novidades.
Fui à terceira reunião dos vigilantes do peso, e adorei. Descobri que mandei 1, 100kg embora, espero q não voltem nunca mais, rsrsrsr.
Fui à segunda aula de dança e amei, sei que não vou mais parar por que estou realizando aos quarenta e um anos um sonho de infância. E isso me deu um gás danado, estou fazendo bicicleta ergométrica em casa, alongamento no trabalho, dança na academia e pretendo colocar ainda a natação na minha rotina semanal. Marquei pra próxima semana com uma massoterapeuta que conheci na dança, fechei um pacote de 10 sessões, vamos ver no que dá.
Acredito que no início, quando procurei os vigilantes do peso, a ideia era apenas emagrecer, mas agora sei que comecei uma série de mudanças que estão me transformando em uma mulher ainda mais feliz e animada.
Mudar a rotina diária, ou melhor, criar uma rotina diária em nossas vidas tão turbulentas e como colocar ordem em um armário de roupas.
Você sabe que depois que organizar o seu armário, vai se livrar do que não usa mais, vai abrir espaço pro novo e vai encontrar aquela velha roupa nova que você adorara, mas estava perdida em meio a tantas outras que você nunca usou. Então, vai dar uma boa selecionada e deixar só o que for útil e ai então poderá acrescentar algo novo, pois terá espaço pra o novo. Consequentemente tudo em sua volta muda, a energia se renova atraindo coisas maravilhosas. Amo muito tudo isso!! Experimente você também algumas mudanças. Sejam elas de habito, gosto ou apenas mude a frequência que você emite. Renove, reinvente, recupere e nunca, mas nunca mesmo se arrependa de ter entrado em ação. A reação a seguir pode ser surpreendente.


terça-feira, 14 de agosto de 2012


Bom, agora vamos às novidades dos vigilantes do peso.
Emagreci 700 g na primeira semana, não é muito significativo, mas considerando que eu não segui a risca por não ter entendido direito, foi bom.
Na segunda reunião tirei algumas duvidas, e foi ótimo por que fiquei mais animada. É pra isso que servem os encontros semanais, por mais chato que pareça quando você esta em casa, ter que sair da zona de conforto e ir até lá, quando você chega vem à recompensa. Muitas pessoas amigas e desconhecidas torcendo por você na hora da pesagem.
Foi muito bom, e na verdade as primeiras quatro semanas devem ser seguidas a risca a ida às reuniões. E eu muito acomodadinha já estava me enchendo de razoes para não ir. Ainda bem que tenho mais incentivadores a minha volta.
Esta semana estou mais animada e mesmo que não tenha perdido o peso esperado, aprendi um pouco mais e sei que as próximas semanas serão de vitoria.
Ainda não comecei a academia, rsrsrsrs.
Mas prometo que resistirei à preguiça e assim que iniciar eu posto uma foto.





Bom Dia pessoal!!
Nooossa como é difícil postar todos os dias no blog. Na verdade o que eu preciso é de DICIPLINA, palavra bonita que tinha aversão até a pouco tempo. Por que eu não sei, deve ser de outras vidas. Rsrsrsrs
Mas estou mudando isso aos poucos, pois maus hábitos são fáceis de pegar e difíceis de largar.
Mas estou me reeducando em tudo na minha vida, entre outras coisas esta a disciplina. Quero criar uma rotina diária, algo que sempre achei chato e nunca segui, me iludindo com a ideia de que fazer as coisas conforme a necessidade aparece é melhor. Não é verdade, eu cheguei aos quarenta, quase obesa, cheia de ideias maravilhosas, que nunca saíram do papel ou quando saíram não foram muito longe. Faltou persistência, competência, sei lá.
Mas, para “Nossa alegria”, Deus é tão grandioso em sua invenção que nos dá o presente, o passado e o futuro.
O presente é pra sempre podermos recomeçar e modificar o que não está funcionando em nossas vidas.
O passado é pra marcar os erros que cometemos e se, já aprendemos com eles, deixar de cometê- lós no presente.
O futuro é a grande chance de Deus, o grande milagre da vida, por que você tem no presente a chance de criar um futuro melhor. Totalmente inverso ao seu passado se o mesmo não foi dos melhores.
Então, pensem sobre isso e façam a pergunta certa, a vocês mesmos. E então, o que eu quero pra mim?
A partir daí, anote, escreva tudo o que lhe vier à mente mesmo que desordenadamente, deixe pra por em ordem depois.
Vocês irão se surpreender com as suas próprias respostas.
Olha! Sei que o blog esta meio bagunçadinho, era pra ser um diário, mas as vezes acordamos inspirados e sai muito mais do que pretendíamos escrever.
Espero que aproveitem as minhas reflexões da melhor maneira possível.
Abraços a todos!

segunda-feira, 6 de agosto de 2012


Segunda, 06 de agosto de 2012.

Olá pessoas queridas!
Voltei!
Estava trabalhando muito por isso a razão da ausência.
No dia primeiro de agosto fui á reunião dos vigilantes do peso e aderi. Embora ainda esteja um pouco atrapalhada, estou fazendo a contagem de pontos. Posso ingerir 26 pp por dia. As reuniões são todas as quartas, estou com 1,61 de altura, 69,8 kg. A meta é mandar embora inicialmente 3,5 kg. Na verdade quero voltar aos 55 kg.
Amanhã inicio a academia, quero entrar na dança também, mas não sei se vou dar conta de tudo agora.
Aqui vai uma foto recente.

terça-feira, 31 de julho de 2012


Terça - Feira 31 de julho de 2012.

Chegando ao final de mais um dia, hoje eu estou cansada e com uma pontinha de dor de cabeça, ontem abusei de frituras em um aniversário. E é claro o organismo ta cobrando, temos que pagar o preço por nossas escapadas.

Acordei pela manhã e confesso que não tive disposição pra levantar da cama, esta fazendo um dia muito frio. Já não estava mais acostumada com isso.
Como nem sempre fazemos o que queremos tive que me encher de vontade e seguir com o dia normal. Trabalho, trânsito, poças d’água que mais parecem lagoas. O bairro está em reformas, aqui, primeiro eles passam com o asfalto pra depois de uns meses virem quebrando tudo pra colocar sistema de esgoto, fiação interna e tudo mais que deveria ter sido feito antes do asfalto.

Fazer o que, são esses profissionais que nossos governantes contrataram. Isso prova que é muito importante nossa escolha política, por mais que seja trabalhoso ficar assistindo os programas eleitorais.

Nossa! Como é mesmo que eu vim parar nesse assunto?

Voltando a minha pessoa. Hoje não estou muito bem, mas fiz minha meditação, minhas afirmações positivas, meus alongamentos, enfim cumpri com meu propósito mais um dia.
Amanhã pretendo ir a uma reunião dos vigilantes do peso, será que vai correr tudo bem até o fim do dia e eu irei à reunião??

Veremos!!

Volto amanhã e conto tudinho como foi.
Por hoje vou pra casa porque ninguém é de ferro, preciso urgente daquele famoso chá de boldo. E um antiácido para acalmar meu estômago.
Abraços e até amanhã pessoas queridas!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

segunda, 30 de julho de 2012


Olá pessoal!


Pois é eu continuo firme,descrevendo meu dia a dia e adicionando alguns comentários a mais.
Hoje, apesar do frio que teima em continuar, mesmo depois de eu te-lo enxotado várias vezes
eu segui com minha rotina, sim porque na verdade é esse o propósito do diário. Eu preciso desesperadamente implementar uma rotina no meu dia a dia.
 E mesmo que bata aquela preguiça básica de continuar, o fato é, que eu me sinto responsável por ter criado o diário. E isso me impulsiona a continuar.
Fiz meus alongamentos, meditei por uns vinte minutos com meu mantra e meu rosário mencionados no outro texto. Estou bem animada, pois amanhã é meu último dia de escravidão no trabalho. Dia primeiro de agosto inicio um novo ciclo na minha vida. até porque dia 28 eu completo quarenta e dois. Vou deixa-los por aqui porque tenho um aniversário pra comemorar, uma amiga que também esta completando quarenta e uns. 
Bjs a todos e até amanhã! 

Hoje acordei muito feliz, pois mais um dia passou e eu continuo firme nos meus propósitos.
Vocês não devem estar entendendo, mas não tem problema eu explico. Na verdade, como muitas pessoas, eu tenho mania de começar projetos e desistir no segundo dia.
 Puro comodismo.
Mas desta vez é diferente porque me propus a dividir com vocês a experiência, desta forma me sinto forçada, ou melhor, dizendo estimulada a continuar.
Pois, quando penso em desistir lá está minha consciência gritando: 
E se tiver alguém acompanhando seu progresso? Como fica? Pois é, não posso mais parar. Graças a vocês!
Hoje procurei manter a rotina diária que estou tentando programar em meu dia a dia.
Acordei, esqueci-me de espreguiçar, mas logo ao chegar ao trabalho; É eu sei é domingo, mas, lembra-se que eu disse que estou cobrindo as férias de uma colega?

Pois então, estou trabalhando de domingo a domingo.
Mas já esta acabando faltam dois dias. Não vejo a hora.

Continuando, eu fiz meus alongamentos mal e porcamente aqui no trabalho mesmo.
 Hoje comecei a usar meu japa-mala, para quem não conhece é um rosário budista de 109 contas. Eu mesma confeccionei o meu.
E quando comecei a usá-lo, lembrei-me de um mantra que me foi ensinado por uma conhecida, é mais ou menos assim: 

  Nam-Myoho-Rengue- Kyo

 Que significa devotar-se a lei mística da causa e efeito. 
Quando recitamos esse mantra, estamos liberando a vida existente dentro de cada um de nós, e a natureza passa a escutar nossa prece e responde com paz e tranquilidade.
Quando você concentra sua energia em algo bom você recebe de volta o que enviou, ou seja, só coisa boa. 
Bom, essa é a minha versão, o que eu penso. Não significa que é a verdade absoluta, mas a minha verdade apenas. Vista sob o meu ponto de vista.
Como podem ver hoje estou inspirada, por isso quero com partilhar o que eu aprendi. Quando você tem um pensamento ruim, algo que você não deseja que aconteça em sua vida ou naquele momento substitua logo por um pensamento positivo, para que o universo compreenda o que você quer e te conceda corretamente. Você pode fazer isso com um truque que eu aprendi no livro “A lei da atração, o segredo colocado em prática.”.
Quando tiveres um pensamento negativo, pergunte-se imediatamente: “E então, o que eu realmente quero pra mim?" A Resposta será imediata. Você não imagina do que nosso cérebro é capaz. 
Desta forma, fazendo essa pergunta sempre, pode parecer bobagem, mas o que você tem a perder? Ninguém saberá que você esta fazendo isso, portanto não haverá criticas nem gozações.
Tente e se surpreendera com o resultado.
Por hoje é só pessoal estou cansada de digitar, porém poderia ficar falando sobre isso por horas. rsrsrs.
 Abraço a todos!
E, até amanhã!

 

sábado, 28 de julho de 2012





Brasil, 28 de julho de 2012.
Bom dia pessoal!!
Ontem ao chegar em casa, ao invés de sair colocando tudo no lugar e já ir preparando a janta, resolvi ir direto ao banho.
Maravilha!
 Ótima escolha!
Depois de um banho demorado e aquele lanche da noite, fiquei de papo com minha filha sobre as mudanças que eu quero fazer.
Ela amou e até colaborou, algumas das coisas que eu sempre gostei de fazer eram dançar, ouvir música e cantar.
A voz não ajuda, mas com a cantora dando a primeira voz vai tranquilo...rsrsrsrs
Quanto a dançar, minha filha se encarregou da coreografia e até tentou me ensinar, rsrrsrs
Tudo bem, não deu muito certo, mas vou continuar tentando.
Um dia de cada vez...
Aí, bateu aquela vontade de assistir á um filme até tarde, pois eu assisti até duas da manhã, uma comédia ótima.
Nem preciso dizer que hoje ás sete da manhã eu acordei com cara de quem passou a noite na balada, né?
Mas, espreguicei-me novamente, respirei profundamente e levantei animadíssima.
È tão bom ter objetivos palpáveis, não é mesmo?
Fiz os alongamentos que me propus e uma lista de coisas que quero fazer, mas preciso organizar minha lista.
Tem coisas que só á longo prazo e outras mais imediatas.
Estou tirando as férias de uma colega, um mês trabalhando todos os dias doze horas por dia.
Nunca Mais!!!!!!
Obs: Nunca mais fazer esse tipo de loucura. Continuo tão sem grana quanto antes, porém muito cansada.
Mas o melhor de tudo é que faltam só três dias pra acabar, depois volto á trabalhar um dia e folgar outro.
Bom, isso é outra coisa que pretendo mudar, aguardem as novidades.
Amanhã tem mais!!





Acordei numa bela manhã de 25 de julho sentindo algo diferente, uma felicidade estranha, sensação de poder sem limites.
Na verdade  meu aniversário está se aproximando. Estava me sentindo tão bem. Tinha tomado uma decisão. Iria mudar minha vida para melhor.
A primeira coisa que decidi era que daquele dia em diante eu não teria mais pressa pra nada.
 Então fui dando aquela espreguiçada antes mesmo de abrir os olhos e me alonguei tal qual um gato, ou melhor, tal qual uma gata.
E logo me veio á recordação de quando era criança, a idade não me vem assim na hora... mas, lembro de acordar daquele jeito sem pressa e com aquela preguiça gostosa.



Você tem se espreguiçado ultima mente?

Ou você é daquelas que pula da cama sem nem ao menos acordar direito e quando da por si, já passou o café, vestiu-se, estendeu a roupa da maquina, lavou a louça do dia anterior, estendeu a cama e vai colocando tudo no lugar antes de sair e ainda deixa um bilhetinho para o filho dizendo o que ficou prontinho pra ele, o que ele tem que fazer pra te ajudar em casa e o quanto o ama e confia nele etc...
Nossa fiquei cansada só de citar.
Mas eu também sou assim.
Melhor dizendo, era assim, não serei mais.

Daqui pra frente não terei mais tanta pressa, viverei no presente e talvez viva mais alguns anos.
Sim, porque no ritmo que levamos nossa vida, o corpo não aguenta e com quarenta você aparenta ter cinquenta.
Seu marido já não mede as palavras pra falar de você, seu filho te pergunta se tem problema você deixa-lo na esquina da escola, porque ele prefere andar um pouco...
As dietas que você fala que vai começar não te dão mais crédito nenhum.
Aquela caminhada durou só um dia, a ergométrica virou cabide de tanto esperar você achar um tempo pra usa La.
As academias adoram quando você chega pra pagar a mensalidade, é dinheiro ganho fácil.
Pensando em tudo e em todas nós mulheres de quarenta que resolvi escrever um diário.
Todos os dias, irei postar o que fiz, com vídeos e fotos pra deixar mais interessante.
Contarei é claro com a ajuda da minha filha que tem só doze anos, mas que um dia aos quarenta vai me agradecer por ter iniciado isso.

Bom, já são 16:59 de uma tarde fria de julho ainda e amanhã eu continuo.
Beijos a todas e até amanhã!



42 ... E agora?


Diário de uma mulher que chegou aos quarenta e dois e resolveu melhorar seu estilo de vida!
...Bóra ser feliz!!


 Tudo começou quando... quando foi mesmo que tudo começou?
Eu lembro, de estar com as amigas na escola, rindo alto e forçado para chamar a atenção, usava jeans e camiseta, um tênis velho e surrado, uma mochila nas costas onde não cabia nada. 
Sim, porque meus sonhos e anseios quando adolescente eram muitos, nossa como minha velha mochila era pequena.
Nela cabiam apenas um caderno, alguns livros, lápis, caneta, borracha, uma pastilha de menta pra manter o hálito fresco caso...vocês sabem..
Nós tínhamos saído da fase do colegial, agora éramos gente grande, pelo menos era como nos sentíamos. 
Mas não grande o suficiente pra deixar os sonhos de lado, esquecê-los ou troca-los por uma pia cheia de louça ou por uma maquina em fase de centrifugação.

Não!! 

Sonhava-mos, com o dia de nossa formatura, o dia da liberdade total e irrestrita.
Mal sabíamos que essa tal liberdade não existe, é ilusão.
Seremos sempre escravos de nossas responsabilidades e obrigações. Mas isso não é ruim, pelo menos aos quarenta.

Mas pra que falar da adolescência não é mesmo?
 Se, tenho tantas outras coisas pra falar.
O passado já se foi e se tem alguma coisa que a idade me ensinou é que amadurecer é a melhor coisa que existe e é o mais próximo que chegaremos da tal liberdade citada lá atrás.








sábado, 21 de abril de 2012




Feliz aniversário Pai!!
Esse ano que passou eu sei que todos teus desejos se realizaram, os teus e os nossos.  Afinal tudo o que desejamos e pedimos a Deus é que te desse mais uns anos de vida pra podermos aproveitar ao máximo desse homem sábio, batalhador, generoso, amável, carinhoso, enfim tenho tantos adjetivos que não caberiam aqui.
E ele nos ouviu e concedeu nosso pedido! E hoje agradeço ainda mais a Deus por ter estado conosco durante todo o tempo em que passaste no hospital. Muitas felicidades sempre é o que desejamos pra você. Que venham muitos anos pela frente sempre ao nosso lado! Te amamos muito, muito, muito.


quinta-feira, 19 de abril de 2012

Minha Mãe e minha Filha...

De uma eu sou a razão de viver e as duas são a razão da minha vida!!







Esta foi a melhor descrição do que é ser mãe que vi até hoje. Não deixem de ler com calma e atenção.....
 
Ser mãe
 
Nós estamos sentadas almoçando quando minha filha casualmente menciona que ela e seu marido estão pensando em "começar uma família". Ela diz, meio de brincadeira:
 
- Nós estamos fazendo uma pesquisa. Você acha que eu deveria ter um bebê?
 
Eu digo cuidadosamente mantendo meu tom neutro:
 
- Vai mudar a sua vida.
 
Ela diz:
 
- Eu sei. Nada de dormir até tarde nos finais de semana, nada de férias espontâneas...
 
Mas não foi nada disso que eu quis dizer.
 
Eu olho para a minha filha, tentando decidir o que dizer a ela.
 
Eu quero que ela saiba o que ela nunca vai aprender no curso de casais grávidos.
 
Eu quero lhe dizer que as feridas físicas de dar à luz irão se curar, mas que tornar-se mãe deixará uma ferida emocional tão exposta que ela estará para sempre vulnerável.
 
Eu penso em alertá-la que ela nunca mais vai ler um jornal sem se perguntar "e se tivesse sido o MEU filho?"
 
Que cada acidente de avião, cada incêndio irá lhe assombrar. Que quando ela vir fotos de crianças morrendo de fome, ela se perguntará se algo poderia ser pior do que ver seu filho morrer.
 
Olho para suas unhas com a manicure impecável, seu terno estiloso e penso que não importa a quão sofisticada ela seja, tornar-se mãe irá reduzi-la ao nível primitivo da ursa que protege seu filhote.
 
Que um grito urgente de "Mãe!" fará com que ela derrube um suflê na sua melhor louça sem hesitar nem por um instante.
 
Eu sinto que deveria avisá-la que não importa quantos anos ela investiu em sua carreira, ela será arrancada dos trilhos profissionais pela maternidade.
 
Ela pode conseguir uma escolinha, mas um belo dia ela entrará numa importante reunião de negócios e pensará no cheiro do seu bebê.
 
Ela vai ter que usar cada milímetro de sua disciplina para evitar sair correndo para casa, apenas para ter certeza de que o seu bebê está bem.
 
Eu quero que a minha filha saiba que decisões do dia a dia não mais serão rotina.
 
Que a decisão de um menino de 5 anos de ir ao banheiro masculino ao invés do feminino no McDonalds se tornará um enorme dilema. Que ali mesmo, em meio às bandejas barulhentas e crianças gritando, questões de independência e gênero serão pensadas contra a possibilidade de que um molestador de crianças possa estar observando no banheiro.
 
Não importa quão assertiva ela seja no escritório, ela se questionará constantemente como mãe.
 
Olhando para minha atraente filha, eu quero assegurá-la de que o peso da gravidez ela perderá eventualmente, mas que ela jamais se sentirá a mesma sobre si mesma.
 
Que a vida dela, hoje tão importante, será de menor valor quando ela tiver um filho.
 
Que ela aprenderá a dar o verdadeiro valor a sua mãe.
 
Saberá que uma noite tranquila não significa que foi dormida por inteiro.
 
Que ela a daria num segundo para salvar sua cria, mas que ela também começará a desejar por mais anos de vida - não para realizar seus próprios sonhos, mas para ver seus filhos realizarem os deles.
 
Eu quero que ela saiba que a cicatriz de uma cesárea ou estrias se tornarão medalhas de honra.
 
O relacionamento de minha filha com seu marido irá mudar, mas não da forma como ela pensa. Eu queria que ela entendesse o quanto mais se pode amar um homem que tem cuidado ao passar talco num bebê ou que nunca hesita em brincar com seu filho. Eu acho que ela deveria saber que ela se apaixonará por ele novamente por razões que hoje ela acharia nada românticas.
 
Eu gostaria que minha filha pudesse perceber a conexão que ela sentirá com as mulheres que através da história tentaram acabar com as guerras, o preconceito e com os motoristas bêbados.
 
Eu espero que ela possa entender porque eu posso pensar racionalmente sobre a maioria das coisas, mas que eu me torno temporariamente insana quando eu discuto a ameaça da guerra nuclear para o futuro de meus filhos.
 
Eu quero descrever para minha filha a enorme emoção de ver seu filho aprender a andar de bicicleta. Eu quero mostrar a ela a gargalhada gostosa de um bebê que está tocando o pelo macio de um cachorro ou gato pela primeira vez. Eu quero que ela prove a alegria que é tão real que chega a doer. O olhar de estranheza da minha filha me faz perceber que tenho lágrimas nos olhos.
 
"Você jamais se arrependerá", digo finalmente.
 
Então estico minha mão sobre a mesa, aperto a mão da minha filha e faço uma prece silenciosa por ela, e por mim, e por todas as mulheres meramente mortais que encontraram em seu caminho este que é o mais maravilhoso dos chamados.
 
Este presente abençoado de Deus que é ser Mãe.
 
(autor desconhecido)

Aceita um cafezinho...

Aceita um cafezinho...
Acabei de fazer!

Para quem não me conhece...

Para quem não me conhece...

De tudo um pouco...

Sou uma profissional da beleza que tem paixão pelo que faz,comecei como cabeleireira a uns 15 anos atraz e vou continuar fazendo o que gosto sempre, me atualizando com certeza ...descobrindo que algumas das novidades q surgem na verdade não saõ tão novas assim, enfim aprendendo e ensinando junto com meus clientes e amigos, que o mais importante na composição de um visual, não são as novidades que a moda apresenta todos os dias, mas "VOCÊ" como pessoa , olhar no espelho e gostar do que vê, ver a sua imagem refletida como vc gosta e se sente bem, seja ela ousada ou discreta. Porque o bonito, o fantástico é ser natural. mesmo de cara lavada depois do banho, sem escova, gel ou mousse, porque esses acessórios facilitam a sua vida , mas não serão sempre necessários ou estarão sempre ao seu alcance quando você precisar.Por isso busque principalmente ser feliz, porque nenhum visual é completo sem um sorriso sincero para iluminar o seu momento.Um grande abraço a todos os clientes que acabam se tornando grandes amigos com o passar dos anos, e espero seus comentários, recados, dicas e gargalhadas... com um cafézinho virtual.(Os amigos sabem do que estou falando...)Beijos! Márcia Bia