terça-feira, 31 de julho de 2012


Terça - Feira 31 de julho de 2012.

Chegando ao final de mais um dia, hoje eu estou cansada e com uma pontinha de dor de cabeça, ontem abusei de frituras em um aniversário. E é claro o organismo ta cobrando, temos que pagar o preço por nossas escapadas.

Acordei pela manhã e confesso que não tive disposição pra levantar da cama, esta fazendo um dia muito frio. Já não estava mais acostumada com isso.
Como nem sempre fazemos o que queremos tive que me encher de vontade e seguir com o dia normal. Trabalho, trânsito, poças d’água que mais parecem lagoas. O bairro está em reformas, aqui, primeiro eles passam com o asfalto pra depois de uns meses virem quebrando tudo pra colocar sistema de esgoto, fiação interna e tudo mais que deveria ter sido feito antes do asfalto.

Fazer o que, são esses profissionais que nossos governantes contrataram. Isso prova que é muito importante nossa escolha política, por mais que seja trabalhoso ficar assistindo os programas eleitorais.

Nossa! Como é mesmo que eu vim parar nesse assunto?

Voltando a minha pessoa. Hoje não estou muito bem, mas fiz minha meditação, minhas afirmações positivas, meus alongamentos, enfim cumpri com meu propósito mais um dia.
Amanhã pretendo ir a uma reunião dos vigilantes do peso, será que vai correr tudo bem até o fim do dia e eu irei à reunião??

Veremos!!

Volto amanhã e conto tudinho como foi.
Por hoje vou pra casa porque ninguém é de ferro, preciso urgente daquele famoso chá de boldo. E um antiácido para acalmar meu estômago.
Abraços e até amanhã pessoas queridas!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

segunda, 30 de julho de 2012


Olá pessoal!


Pois é eu continuo firme,descrevendo meu dia a dia e adicionando alguns comentários a mais.
Hoje, apesar do frio que teima em continuar, mesmo depois de eu te-lo enxotado várias vezes
eu segui com minha rotina, sim porque na verdade é esse o propósito do diário. Eu preciso desesperadamente implementar uma rotina no meu dia a dia.
 E mesmo que bata aquela preguiça básica de continuar, o fato é, que eu me sinto responsável por ter criado o diário. E isso me impulsiona a continuar.
Fiz meus alongamentos, meditei por uns vinte minutos com meu mantra e meu rosário mencionados no outro texto. Estou bem animada, pois amanhã é meu último dia de escravidão no trabalho. Dia primeiro de agosto inicio um novo ciclo na minha vida. até porque dia 28 eu completo quarenta e dois. Vou deixa-los por aqui porque tenho um aniversário pra comemorar, uma amiga que também esta completando quarenta e uns. 
Bjs a todos e até amanhã! 

Hoje acordei muito feliz, pois mais um dia passou e eu continuo firme nos meus propósitos.
Vocês não devem estar entendendo, mas não tem problema eu explico. Na verdade, como muitas pessoas, eu tenho mania de começar projetos e desistir no segundo dia.
 Puro comodismo.
Mas desta vez é diferente porque me propus a dividir com vocês a experiência, desta forma me sinto forçada, ou melhor, dizendo estimulada a continuar.
Pois, quando penso em desistir lá está minha consciência gritando: 
E se tiver alguém acompanhando seu progresso? Como fica? Pois é, não posso mais parar. Graças a vocês!
Hoje procurei manter a rotina diária que estou tentando programar em meu dia a dia.
Acordei, esqueci-me de espreguiçar, mas logo ao chegar ao trabalho; É eu sei é domingo, mas, lembra-se que eu disse que estou cobrindo as férias de uma colega?

Pois então, estou trabalhando de domingo a domingo.
Mas já esta acabando faltam dois dias. Não vejo a hora.

Continuando, eu fiz meus alongamentos mal e porcamente aqui no trabalho mesmo.
 Hoje comecei a usar meu japa-mala, para quem não conhece é um rosário budista de 109 contas. Eu mesma confeccionei o meu.
E quando comecei a usá-lo, lembrei-me de um mantra que me foi ensinado por uma conhecida, é mais ou menos assim: 

  Nam-Myoho-Rengue- Kyo

 Que significa devotar-se a lei mística da causa e efeito. 
Quando recitamos esse mantra, estamos liberando a vida existente dentro de cada um de nós, e a natureza passa a escutar nossa prece e responde com paz e tranquilidade.
Quando você concentra sua energia em algo bom você recebe de volta o que enviou, ou seja, só coisa boa. 
Bom, essa é a minha versão, o que eu penso. Não significa que é a verdade absoluta, mas a minha verdade apenas. Vista sob o meu ponto de vista.
Como podem ver hoje estou inspirada, por isso quero com partilhar o que eu aprendi. Quando você tem um pensamento ruim, algo que você não deseja que aconteça em sua vida ou naquele momento substitua logo por um pensamento positivo, para que o universo compreenda o que você quer e te conceda corretamente. Você pode fazer isso com um truque que eu aprendi no livro “A lei da atração, o segredo colocado em prática.”.
Quando tiveres um pensamento negativo, pergunte-se imediatamente: “E então, o que eu realmente quero pra mim?" A Resposta será imediata. Você não imagina do que nosso cérebro é capaz. 
Desta forma, fazendo essa pergunta sempre, pode parecer bobagem, mas o que você tem a perder? Ninguém saberá que você esta fazendo isso, portanto não haverá criticas nem gozações.
Tente e se surpreendera com o resultado.
Por hoje é só pessoal estou cansada de digitar, porém poderia ficar falando sobre isso por horas. rsrsrs.
 Abraço a todos!
E, até amanhã!

 

sábado, 28 de julho de 2012





Brasil, 28 de julho de 2012.
Bom dia pessoal!!
Ontem ao chegar em casa, ao invés de sair colocando tudo no lugar e já ir preparando a janta, resolvi ir direto ao banho.
Maravilha!
 Ótima escolha!
Depois de um banho demorado e aquele lanche da noite, fiquei de papo com minha filha sobre as mudanças que eu quero fazer.
Ela amou e até colaborou, algumas das coisas que eu sempre gostei de fazer eram dançar, ouvir música e cantar.
A voz não ajuda, mas com a cantora dando a primeira voz vai tranquilo...rsrsrsrs
Quanto a dançar, minha filha se encarregou da coreografia e até tentou me ensinar, rsrrsrs
Tudo bem, não deu muito certo, mas vou continuar tentando.
Um dia de cada vez...
Aí, bateu aquela vontade de assistir á um filme até tarde, pois eu assisti até duas da manhã, uma comédia ótima.
Nem preciso dizer que hoje ás sete da manhã eu acordei com cara de quem passou a noite na balada, né?
Mas, espreguicei-me novamente, respirei profundamente e levantei animadíssima.
È tão bom ter objetivos palpáveis, não é mesmo?
Fiz os alongamentos que me propus e uma lista de coisas que quero fazer, mas preciso organizar minha lista.
Tem coisas que só á longo prazo e outras mais imediatas.
Estou tirando as férias de uma colega, um mês trabalhando todos os dias doze horas por dia.
Nunca Mais!!!!!!
Obs: Nunca mais fazer esse tipo de loucura. Continuo tão sem grana quanto antes, porém muito cansada.
Mas o melhor de tudo é que faltam só três dias pra acabar, depois volto á trabalhar um dia e folgar outro.
Bom, isso é outra coisa que pretendo mudar, aguardem as novidades.
Amanhã tem mais!!





Acordei numa bela manhã de 25 de julho sentindo algo diferente, uma felicidade estranha, sensação de poder sem limites.
Na verdade  meu aniversário está se aproximando. Estava me sentindo tão bem. Tinha tomado uma decisão. Iria mudar minha vida para melhor.
A primeira coisa que decidi era que daquele dia em diante eu não teria mais pressa pra nada.
 Então fui dando aquela espreguiçada antes mesmo de abrir os olhos e me alonguei tal qual um gato, ou melhor, tal qual uma gata.
E logo me veio á recordação de quando era criança, a idade não me vem assim na hora... mas, lembro de acordar daquele jeito sem pressa e com aquela preguiça gostosa.



Você tem se espreguiçado ultima mente?

Ou você é daquelas que pula da cama sem nem ao menos acordar direito e quando da por si, já passou o café, vestiu-se, estendeu a roupa da maquina, lavou a louça do dia anterior, estendeu a cama e vai colocando tudo no lugar antes de sair e ainda deixa um bilhetinho para o filho dizendo o que ficou prontinho pra ele, o que ele tem que fazer pra te ajudar em casa e o quanto o ama e confia nele etc...
Nossa fiquei cansada só de citar.
Mas eu também sou assim.
Melhor dizendo, era assim, não serei mais.

Daqui pra frente não terei mais tanta pressa, viverei no presente e talvez viva mais alguns anos.
Sim, porque no ritmo que levamos nossa vida, o corpo não aguenta e com quarenta você aparenta ter cinquenta.
Seu marido já não mede as palavras pra falar de você, seu filho te pergunta se tem problema você deixa-lo na esquina da escola, porque ele prefere andar um pouco...
As dietas que você fala que vai começar não te dão mais crédito nenhum.
Aquela caminhada durou só um dia, a ergométrica virou cabide de tanto esperar você achar um tempo pra usa La.
As academias adoram quando você chega pra pagar a mensalidade, é dinheiro ganho fácil.
Pensando em tudo e em todas nós mulheres de quarenta que resolvi escrever um diário.
Todos os dias, irei postar o que fiz, com vídeos e fotos pra deixar mais interessante.
Contarei é claro com a ajuda da minha filha que tem só doze anos, mas que um dia aos quarenta vai me agradecer por ter iniciado isso.

Bom, já são 16:59 de uma tarde fria de julho ainda e amanhã eu continuo.
Beijos a todas e até amanhã!



42 ... E agora?


Diário de uma mulher que chegou aos quarenta e dois e resolveu melhorar seu estilo de vida!
...Bóra ser feliz!!


 Tudo começou quando... quando foi mesmo que tudo começou?
Eu lembro, de estar com as amigas na escola, rindo alto e forçado para chamar a atenção, usava jeans e camiseta, um tênis velho e surrado, uma mochila nas costas onde não cabia nada. 
Sim, porque meus sonhos e anseios quando adolescente eram muitos, nossa como minha velha mochila era pequena.
Nela cabiam apenas um caderno, alguns livros, lápis, caneta, borracha, uma pastilha de menta pra manter o hálito fresco caso...vocês sabem..
Nós tínhamos saído da fase do colegial, agora éramos gente grande, pelo menos era como nos sentíamos. 
Mas não grande o suficiente pra deixar os sonhos de lado, esquecê-los ou troca-los por uma pia cheia de louça ou por uma maquina em fase de centrifugação.

Não!! 

Sonhava-mos, com o dia de nossa formatura, o dia da liberdade total e irrestrita.
Mal sabíamos que essa tal liberdade não existe, é ilusão.
Seremos sempre escravos de nossas responsabilidades e obrigações. Mas isso não é ruim, pelo menos aos quarenta.

Mas pra que falar da adolescência não é mesmo?
 Se, tenho tantas outras coisas pra falar.
O passado já se foi e se tem alguma coisa que a idade me ensinou é que amadurecer é a melhor coisa que existe e é o mais próximo que chegaremos da tal liberdade citada lá atrás.








Aceita um cafezinho...

Aceita um cafezinho...
Acabei de fazer!

Para quem não me conhece...

Para quem não me conhece...

De tudo um pouco...

Sou uma profissional da beleza que tem paixão pelo que faz,comecei como cabeleireira a uns 15 anos atraz e vou continuar fazendo o que gosto sempre, me atualizando com certeza ...descobrindo que algumas das novidades q surgem na verdade não saõ tão novas assim, enfim aprendendo e ensinando junto com meus clientes e amigos, que o mais importante na composição de um visual, não são as novidades que a moda apresenta todos os dias, mas "VOCÊ" como pessoa , olhar no espelho e gostar do que vê, ver a sua imagem refletida como vc gosta e se sente bem, seja ela ousada ou discreta. Porque o bonito, o fantástico é ser natural. mesmo de cara lavada depois do banho, sem escova, gel ou mousse, porque esses acessórios facilitam a sua vida , mas não serão sempre necessários ou estarão sempre ao seu alcance quando você precisar.Por isso busque principalmente ser feliz, porque nenhum visual é completo sem um sorriso sincero para iluminar o seu momento.Um grande abraço a todos os clientes que acabam se tornando grandes amigos com o passar dos anos, e espero seus comentários, recados, dicas e gargalhadas... com um cafézinho virtual.(Os amigos sabem do que estou falando...)Beijos! Márcia Bia