terça-feira, 11 de maio de 2021

A pandemia x Amor

Em meio a tantos acontecimentos desde a chegada do covid-19, já  li e ouvi de tudo,  noticias ruins, noticias boas, relatos de superação  de pessoas sem nenhuma chance diante das estatísticas e outros que tinham tudo para vencer a doença se rendendo a ela e partindo. A pobreza e a miséria ficaram em evidência entre aqueles que deveriam estar buscando recursos para amenizar o estrago, sim, falo da pobreza e miséria,  mas de caráter,  de humanidade, respeito pela dor do próximo e pela condição de cada um. 
Houve  de tudo. Os aproveitadores e oportunistas de sempre que esquecem sobre as leis que regem esse universo. Pessoas se reunindo para ajudar pessoas, abrindo seus armários e dividindo o que tinham sem se preocupar se teriam como repor depois. 
Se teve o lado ruim é sofrido, também teve o lado, digamos humano, que admitiu e contagiou milhões pelo mundo todo. Foram tantas notícias e tanto sensacionalismo egoísta, com p objetivo apenas de faturar e não.de informar. Sim, esses eu até já tinha mencionado, entre os aproveitadores sem caráter estão todos no mesmo saco.  Em evidência estavam os que tinham o dom da palavra e influenciaram de forma positiva e on line os que buscavam uma saída. E assim, fomos aos poucos nos recuperando do baque inicial. 
E todos os dias ao acordar tínhamos uma escolha a fazer. 
O que eu escolho ouvir hoje, a quem eu vou me conectar?
E a grande maioria, graças a Deus, escolheu emanar boas energias, acompanhar as notícias reais, vibrar com quem buscava elevar o nível do planeta até  que o mesmo acionasse a própria cura. E os animais foram poupados dessa praga, eles nos confirmaram em dias tenebrosos, a mãe  natureza quando nos prendeu em nossas próprias casas, teve seus dias de "spa". 
Hoje eles não vão machucar ou desprezar quem os mantém vivos nesse plano. 
E, por algumas semanas, quem saia.a rua é via os grandes centros vazios não se desesperava, ao contrário, sentia a energia, a paz e o amor da mãe terra, que teve suas férias" coletivas junto com os animais, o sol saia sem culpa e brilhava,  o vento soprou sem julgamentos e parece que o planeta conseguiu por um breve momento sua pausa pra descansar dos "humanos".  Eu saí na rua, porque precisei reverenciar a todos os seres que nos servem ddesde o início da criação. Alguém tinha que pedir perdão por tantas atrocidades cometidas em nome do.progresso e da tecnologia. E de olhos fechados por vergonha de ser um desses seres ingratos, eu pedi perdão,  eu agradeço, eu chorei e senti o amor e o perdão do planeta e seus habitantes celestes. Voltei pra casa e soube que minha vida nunca mais seria a mesma. Mudei, assim como tantos outros e mesmo cheia de defeitos e tendo muito o que aprender ainda, ( precisarei de algumas encarnações pra assimilar as lições) mas sigo em frente, porque sei que tem outros seres vivos,  cuidando e zelando por nós aí  fora. Vamos sobreviver, alguns partiram, porque já não tinham mais o que nos entregar, sua missão foi cumprida e foram chamados de volta pra recarregar as energias que foram sugadas, outros estavam estagnados e foram levados para que rever sua trajetória e aprender um pouco mais. Não perdemos ninguém por que na verdade, ninguém nos pertence. Somos seres ligados pelo amor e pela energia divina do nosso criador. E, já é  hora de aceitar e respeitar o tempo e a vontade de cada um.
Você só  pode doar o que é  seu, e na verdade amor, bondade, respeito,  isso tudo é  sentimento,  você transborda, transmite, contagia, não tem como ensinar, vender ou doar. 
Sejamos mais amor, mais serenidade, mais saudáveis e cuidemos mais de nós  mesmos, assim o mundo sente e perdoa os nossos pecados do passado. Vamos viver o presente da melhor maneira e o futuro vai ser consequência.  Ame - se, cuide- se é os que se aproximarem de você sentiram a sua paz. 
Parabéns pelo "presente".
Márcia Neres Meinert.

terça-feira, 4 de maio de 2021

Existir já não me basta...

 

Quem sou!?

 Pensando bem...

Quem eu sou? 

seria possível definir em palavras, o que ou quem somos definitivamente?

"Penso, logo existo"

Pensando sobre isso, questionei-me: Bastava a mim apenas existir?

E a resposta veio rápido.

Não, não me contento em apenas existir, quero viver cada momento com muita intensidade, não vim a esse mundo para ficar estagnada.

Estou aqui para experimentar, testar, tentar, acertar ou errar e recomeçar sempre que for preciso.

Seguir em frente sem lamentar o que não deu certo, porque mesmo que não perceba, quando não dá certo é porque o caminho que pegamos estava errado, portanto para seguir, ou você desvia e pega outro caminho, ou tenta e independente do resultado, segue em frente.

E, é assim que sou. Agradeço a Deus por me permitir essa compreensão finalmente.

sigo sempre em frente, mudo o rumo, refaço o trajeto, quantas vezes forem necessárias para poder seguir.

Chegar aonde eu quero?!

Essa é outra afirmação que não se encaixa mais na minha maneira de ver a vida.

O prazer está em viajar, no caminho que percorremos e não no destino.

O destino é só uma consequência da viajem, talvez um ponto marcado para descansarmos, para procurar no mapa o próximo trajeto.

A viajem...

Ahh, essa sim é importante, porque é durante essa viajem que conhecemos pessoas, que encontramos nossos afetos e desafetos, que desfrutamos de paisagens lindas e conquistamos nossos sonhos fragmentados em pequenos momentos.

É durante, que a vida acontece e não na chegada.

Por isso, já não me defino mais. Aprendi que “Eu sou o Eu sou”, e sigo em frente pensando, vivendo e transbordando de momentos cheio de felicidade e amor, assim, todo aquele que se aproximar de mim, vai ser contagiado do mesmo sentimento.

Existir, já não me basta.


 

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Pensando bem... penso demais.

Já perceberam que quando pensamos em algo e executamos em seguida existem duas possibilidades de resultados apenas?! 
Dar certo ou dar errado
E qualquer das duas nos levará a algum lugar diferente do lugar em que nos encontramos. 
Isso é maravilhoso!!
Tudo o que nos põe em movimento é fantástico. 
Se o caminho que tomamos é o certo, seguimos em frente, mas se não for, seguimos mesmo assim, mais adiante com certeza outras experiências nos aguardam. E isso sim é verdadeiramente viver.
Estão pense, mas não muito. 
Decida-se, essa é  uma escolha só sua.
Ponha-se em movimento, você vai se surpreender sempre.
Porque já te disseram, você já ouviu ou leu por aí... "Quem fica parado não sai do lugar".

Bom diaaa!!!

terça-feira, 22 de dezembro de 2020


Criei este blog por sugestão de algums amigos que de um jeito ou de outro sempre depois de um bate papo, saem mais felizes do que quando entraram.
Espero ajuda-los da melhor maneira possível, adoro o que faço, aceito parcerias e sujestões de conteúdo.
sejam bem vindos!!Posted by Picasa